Carlos Lyra – Como,Como,Como!

“Indicação” nº 1 do dia:

Como, Como, Como!

Te pego desgraçado e já te como
Mas como Geringonça, como comes?
Eu como como como, safardanas
Tu comes como como? Come home?
Eu como como como: E, já, te ensino
Mas coma como como. E só um menino
Pois ele corre e foge, já, e some.
Ou ele apanha, juro, feito home.
Enfim eu te peguei anjo do mal.
Agora eu mato a cobra e mostro o pau
Meu Deus, não faça isso: perdeu o juízo
Eu juro que lhe pago o prejuízo, ahl
Eu ensino esse boçal!
Uma surra teologal
Releva esse mortal
Eu o entrego ao Vidigal
Vidigal!

Carlinhos Lyra – Cartão de Visitas

“Indicação” nº 4 do livro que eu tô lendo:

Cartão de Visitas

Quem quiser morar em mim

Tem que morar no que o meu samba diz
Tem que nada ter de seu

Mas tem que ser o rei do seu país
Tem que ser um vidinha folgada

Mas senhor do seu nariz
Tem que ser um “não faz nada” mas saber fazer alguém feliz
Tem que viver devagarinho

Pra poder ver a vida passar
Tem que ter um pouco de carinho para dar
Precisa, enfim, saber gastar e ao receber uma esmolinha
Dar de troco o céu e o mar

Tem que ser um louco
Mas um louco para amar

Vai ter que ter tudo isso
Tudo isso pra contar

Vai ter que ter tudo isso
Tudo isso pra contar
Tem que bater muita calçada só cantando o que o povo pedir
E só vendo a moçada praticando pra faquir
Precisa, enfim, filosofar
Que ser alguém é não ser nada e não ser nada é ser alguém
Tem que bater samba e bater samba muito bem
Vai ter que ter tudo isso

Tudo isso e o céu também
Vai ter que ter tudo isso

Tudo isso e o céu também
Quem quiser morar em mim

Tem que morar no que o meu samba diz
Tem que nada ter de seu

Mas tem que ser o rei do seu país
Tem que ser um vidinha folgada

Mas senhor do seu nariz
Tem que ser um “não faz nada” mas saber fazer alguém feliz
Tem que viver devagarinho

Pra poder ver a vida passar
Tem que ter um pouco de carinho para dar
Precisa, enfim, saber gastar e ao receber uma esmolinha
Dar de troco o céu e o mar

Tem que ser um louco
Mas um louco para amar

Vai ter que ter tudo isso
Tudo isso pra contar

Vai ter que ter tudo isso
Tudo isso pra contar
Tem que bater muita calçada só cantando o que o povo pedir
E só vendo a moçada praticando pra faquir
Precisa, enfim, filosofar
Que ser alguém é não ser nada e não ser nada é ser alguém
Tem que bater samba e bater samba muito bem
Vai ter que ter tudo isso

Tudo isso e o céu também
Vai ter que ter tudo isso

Tudo isso e o céu também

Cerimônia de Abertura das Olimpíadas 2016

No dia 5/8/16 foram abertos os Jogos Olímpicos 2016 que nessa edição foram realizados no Rio de Janeiro!!!Eu,como pessoa fascinada pelos jogos,me empolguei desde que o Brasil foi escolhido para sediar o evento…A festa começou com um vídeo mostrando pessoas praticando esportes por todo o Rio ao som de “Aquele Abraço” do Gilberto Gil,cantada por Luiz Melodia.Antes da contagem regressiva rolou a apresentação de um balé representando o jeitinho brasileiro ao som de “Samba de Verão” do Tom Jobim.Logo depois o sambista Paulinho da Viola tocou o “Hino Nacional Brasileiro” no violão,o cantou,lógico,e foi acompanhado de um quarteto de cordas.Rolou participação dos integrantes do boi bumbá de Parintins.Teve o instrumental de “Construção” de Chico Buarque durante a apresentação da Companhia de Dança Deborah Colker.

Logo depois da representação do 14 Bis de Santos Dummont,Daniel Jobim cantou “Garota de Ipanema” de Tom e Vinícius enquanto Giselle Bündchen passava.Logo depois,a funkeira Ludmilla cantou o “Rap da Felicidade” dos MC’s Cidinho & Doca,e Elza Soares cantou “Canto de Ossanha” de Baden Powell e Vinícius de Moraes.Zeca Pagodinho cantou “Deixa a Vida me Levar” junto com Marcelo D2.Karol Conká e a jovem rapper Sophia cantaram logo depois.A Gang do Eletro cantou em seguida antecipando a entrada de Jorge Ben Jor cantando “País Tropical“,que a galera presente entoou junto.A delegação brasileira entrou no Maracanã ao som de “Aquarela do Brasil” de Ary Barroso.Wilson das Neves homenageou os grandes nomes do samba antes do acendimento da chama olímpica.Caetano Veloso,Gilberto e Anitta cantaram “Isso Aqui o que é” também de Ary Barroso antes das baterias de Mangueira,Unidos da Tijuca,Portela e Salgueiro além de outras escolas de samba do grupo especial do carnaval carioca em 2017: