Carlos Lyra – É tão Triste Dizer Adeus

“Indicação” nº 23 do dia:

É Tão Triste Dizer Adeus

É tão triste dizer adeus
É mais triste que morrer
Quando um morre
O outro chora
Mas se um dos dois vai embora
Os dois é que vão sofrer

Se eu ficar,
Tão triste
Sem você
Dizer adeus

Mas pra que
Que eu vou ficar
Pra comida preparar
E ter filhos pra criar
E ter roupa pra lavar
O melhor
Tão triste
É separar
Dizer adeus

Pra viver nosso cantinho
E fazer sempre juntinho
Tantas coisas
Que só dois sabem fazer

E essas coisas tão bonitas
Se você for mesmo embora
Vão se embora com você

Pras despesas aumentar
E a vida piorar
Ninguém pode suportar
O Melhor,
Tão triste
É separar
Dizer adeus

Carlos Lyra – Dobrado dos Bichos

“Indicação” nº 14 do dia:

Dobrado Dos Bichos

Pantera: Quando eu era uma fera
Não morria por um triz
De um tiro que me deram
Bem na ponta do nariz
Tive até que fazer plástica
(por certo ninguém diz)

O que eu quero na verdade
É ter paz e ser feliz
O que eu quero na verdade
É ter paz e ser feliz

Burro: O que ela quer na verdade, é se mostrar.

Zequinha: E você, quem é?

Burro: Não vêem que sou o burro?

Eu sou forte, inteligente
Persistente e até manhoso
Mas já fui um burocrata
Bem burrinho e bem teimoso
Sou agora um Burro-Mestre
Que não cai nem entra em vala

Quem é besta, quem é chucro
Quem é burro é o cavalo
Quem é besta, quem é chucro
Quem é burro é o cavalo

Rosinha: Que burrinho gozado!
Por que não apresenta seu amigo?

Sapo: Não é preciso.
Posso muito bem me apresentar sozinho

Sou um Sapo-cientista
No trabalho eu como insetos
Mas também já fui político
E por isso muito esperto
E assim ainda conservo
A palavra de orador

Vote em mim, vote em mim
Vote em mim pra saneador
Vote em mim, vote em mim
Vote em mim pra saneador

Rosinha: E você deve ser… o macaco!

Macaco: Para servi-los

Zequinha: E a sua qual é, bicho?

Macaco: Sou macaco de talento
Sou artista e muito lógico
E passei bastante tempo
Preso no Jardim zoológico
Mas se hoje me permitem
Que eu imite o que se faz

Eu divirto, eu divirto
Eu divirto muito mais
Eu divirto, eu divirto
Eu divirto muito mais

Carlos Lyra – Canção do Zequinha

“Indicação” nº 18 do dia:

Canção do Zequinha

Eu sou o grande Zequinha
Namorado da Rosinha
E amigo do Tião

Ele é o grande Zequinha
Namorado da Rosinha
E amigo do Tião

Pra salvar a um amigo
Eu não sei o que é perigo
E vou pra lá
E vai pra lá

Salvar o Tião!

Salvar o Tião!

Não digam que eu sou medroso
Porque eu sou bem corajoso
Porque eu sou o campeão

Não digam que ele é medroso
Que ele é bem corajoso
Que ele é o campeão

I N T E R L Ú D I O

Pra salvar a um amigo
Eu não sei o que é perigo
E vou pra lá

E vai pra lá

Matar o Dragão!

Matar o Dragão!

Não digam que eu sou medroso
Porque eu sou bem corajoso
E vou matar o tal Dragão

Não digam que ele é medroso
Que ele é bem corajoso
E vai matar o tal Dragão