Publicado em Música

As Frenéticas – Canção de Amor

“Indicação” nº 3 do dia:

Canção de Amor

Ai, o amor é uma caixinha de surpresas
Um tigre de papel, uma tortura
Um jogo delicioso, uma armadilha
Que faz do criador a criatura

Ai, o amor é como um quarto de despejo
Um coelho que se esconde na cartola
Um grito silencioso de desejo
Um bolerão tocando na vitrola

Ai, o amor é como o gesto de um toureiro
Que ordena que a platéia se comporte
Enquanto a orquestra ataca um passo ” double “
E sabe que caminha para a morte

Ai, o amor é uma colher de anfetamina
Uma mulher que aprende sem malícia
As regras delicadas do brinquedo
Uma cachaça, um caso de polícia

Ai, o amor é o delírio da torcida
Um fim de festa, louca fantasia
O lance que desvenda a face oculta
E o canto desvairado da alegria

Autor:

Psicóloga e Influenciadora Digital,amante de música boa

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.