Publicado em Música

Frenéticas – A Marcha do Povo Doido

“Indicação” nº 1 do dia:

A Marcha do Povo Doido

Confesso
Matei a Dana de Teffé
E outros mais se ocê quisé
Eu sou qualquer dos Zé Mané
Da vida, dos Santos, da Silva

Confesso
A culpa pela caristia
E pela crise de energia
Eu sou o dono da Opep
Ou pepsi, ou pop, ou coca

Confesso
E confessar me alivia
Vê se também não me anistia
Me manda logo pra cadeia

Garanta
Um pouco a minha poupança
Pois tando em cana a minha pança
Vai ter um pouco de aveia
Ou feijão com areia

Autor:

Psicóloga e Influenciadora Digital,amante de música boa

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.