Publicado em Música

Chico Buarque – Frevo Diabo

“Indicação” nº 24 do dia:

Frevo Diabo

É bom, é brabo, é o frevo
Diabo no corpo, torto, corpo
Pára mais não
Fogo no rabo de qualquer cristão
Solta o frevo diabo e adeus procissão
Pelo sinal da santa cruz pandemônio
No dia da padroeira
Não tem romeira? Tem, são morenas
Não tem novenas, diabo, a gente é feliz
Não tem sermão? Tem não, tem orquestra
E cana, e briga, e fogo, e festa
Na matriz

É o barro, é o berro na garganta
Olha a ginga da santa
Devagar com o andor
Meu corpo já não sabe o que faz, Satanás
Diz para parar, que eu já não posso mais
Diz para parar, faz um pouco mais
Faz o Diabo
Hoje é que eu me acabo, meu irmão
É para pular? Não, para parar, para bolinar?
Não, para parar, para arrebentar
Frevo diabo
Hoje é que eu me acabo, meu irmão

Autor:

Psicóloga e Influenciadora Digital,amante de música boa

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.