Publicado em Música

Carlos Lyra – Confidências

“Indicação” nº 9 do dia:

Confidências

Quem bebeu do meu copo sabe o meu segredo
Quem beijou minha boca sabe o meu desejo
Quem feriu minha carne conhece o meu medo
Quem me olhou bem na cara viu minha tristeza

Quem bebeu do meu copo sabe o meu segredo
Quem beijou minha boca sabe o meu desejo
Quem feriu minha carne conhece o meu medo
Quem me olhou bem na cara viu minha tristeza

Não fosse o meu destino A poesia e a vida incerta
Até levava alguém no meu caminho
Mas sou poeta e sou boêmio Vou levando a vida em verso
Vou bebendo o meu destino Ai, sou poeta e sou boêmio
Vou levando a vida em verso Vou bebendo o meu destino

Autor:

Psicóloga e Influenciadora Digital,amante de música boa

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.